Entregando-se ao acaso, deixem suas preocupações! – Mestre Saint Germain

Entregando-se ao acaso, deixem suas preocupações! – Mestre Saint Germain


amados irmãos algo doce no ar sintam esqueçam essa euforia essa luta interior deixem de lado suas preocupações suas ansiedades sintam esse agora com uma leve e profunda a respiração fechem os olhos e respirem calmamente quatro leves respirações sintam agora seu corpo fechem os olhos e respire novamente mais três leves respirações respirem e sintam-se ao fazerem isso percebem seu corpo relaxar como se algo estivesse indo esse algo são aqueles nós que carregam dentro de si sem qualquer necessidade façam novamente esse exercício e percebam os pesos que trazem junto de si porque quando se voltam agora eles se aliviam pois tudo está bem nesse momento na vida física há muita ansiedade pelo que está por vir há uma necessidade de que tudo esteja sempre bem como se algo viesse nos derrubar sempre que um desvio ou algo que julgamos como não certo aparecer se a uma necessidade de estarmos o controle onde temos que saber o que está por vir temos também que esperar muito dos políticos de nossos familiares de nossos amigos estamos sempre esperar o ano nos preocupar mas o engraçado é que ao final as coisas nunca saem como programamos e muitas vezes perdemos o sono nos entristecemos pelo comportamento alheio e lá vamos nós carregando esses fatos todos a uma lei espiritual aqui pois tudo que focamos com ansiedade o medo entre outros modifica se porque o foco leva experiência há outro caminho mas esse é assunto para outra hora o início lavamos com os fatos da política que não anda bem de nosso companheiro de jornada que anda um tanto lá ingrato daquele que anda bem esquisito porque antes ele parecia mais atencioso também sendo bonito inteligente daquele jeito tudo fica mais fácil já comigo e lá vamos nós sempre carregando estes fados essas ansiedades esses medos que nunca acontecem a esse aconteceram nem nos lembramos como foram resolvidos as preocupações como o nome mesmo diz estar preocupado com algo que não se sabe amados ao respirar em tudo se alivia apenas porque tiraram por breves segundos o foco de sua mente falante de seus afazeres então nos entregamos ao acaso esse que sempre nos leva as maiores alegrias as maiores diversões as aventuras ao sentir estar vivo o acaso porque não se entregar a ele lembrei a vida não é tão simples pois temos nossos compromissos então voltamos ao ciclo da preocupação da ansiedade do medo da culpa por algo que já se foi esse ciclo da ilusão que não nos deixa nos entregar ao acaso a voltar a ser simplesmente respirar ser e viver um dia após o outro um dia após o outro num ciclo suave de confiança então respire novamente fechem os olhos mais três respirações e se entreguem ao acaso se puderem abrir os abraços e respirem como crianças porque a vida ela é feita para viver para se ter coragem para se ter alegria e que tudo mais vá para bem longe daqui esse é o anseio de sua alma porque assim são vocês fora da ilusão mas nesse plano vocês têm a mente que os traz dúvida ansiedade que os projeta para continuar a lutar pela vida quando sua alma pede apenas que vivam porque ela é eterna e para ela tudo sempre está bem não se esqueçam que vocês são sua alma sua essência e portanto não se confundam achando que são essa roupa que usam agora esse corpo físico vocês são muito mais que isso portanto parem de carregar esses fatos todos vivam respirem abra os braços e sintam alegria que a expansão de sua alma os traz o resto é com vocês porque eu para mim já fiz minha parte fiquem com deus meus filhos aliás vocês são deuses então dizer isso é uma redundância fiquem em paz então de todo o meu coração mestres ambiente imã

13 Replies to “Entregando-se ao acaso, deixem suas preocupações! – Mestre Saint Germain”

  1. Entregando-se ao acaso, deixem suas preocupações! – Mestre Saint Germain

    Amados irmãos,

    Há algo doce no ar. Sintam! Esqueçam essa euforia, essa luta interior. Deixem de lado suas preocupações, suas ansiedades. Sintam esse agora com uma leve e profunda respiração! Fechem os olhos e respirem calmamente! Quatro leves respirações!

    Sintam agora seu corpo! Fechem os olhos e respirem novamente! Mais três leves respirações. Respirem e sintam-se!

    Ao fazerem isso, percebem seu corpo a relaxar? Como se algo estivesse indo? Esse algo são aqueles nós que carregam dentro de si, sem qualquer necessidade. Façam novamente esse exercício e percebam os pesos que trazem junto de si. Porque quando se voltam ao agora, eles se aliviam, pois tudo está bem, nesse momento!

    Na vida física, há muita ansiedade pelo que está por vir! Há uma necessidade de que tudo esteja sempre bem! Como se algo viesse a nos derrubar sempre que um desvio, ou algo que julgamos como não certo, aparecesse!

    Há uma necessidade de estarmos ao controle, onde temos que saber o que está por vir! Temos também que esperar muito dos políticos, de nossos familiares, de nossos amigos. Estamos sempre a esperar ou a nos preocupar. Mas o engraçado é que, ao final, as coisas nunca saem como programamos. E, muitas vezes perdemos o sono, nos entristecemos pelo comportamento alheio, e lá vamos nós carregando esses fardos todos.

    Há uma lei espiritual aqui! Pois tudo que focamos com ansiedade, medo, entre outros, modifica-se, porque o foco leva a experiência a outro caminho! Mas esse é assunto para outra hora!

    E nisso lá vamos com os fardos da política que não anda bem, de nosso companheiro de jornada que anda um tanto lá, ingrato, daquele que anda bem esquisito, porque antes ele parecia mais atencioso. Também, sendo bonito e inteligente daquele jeito, tudo fica mais fácil! Já comigo!…

    E lá vamos nós, sempre carregando esses fardos, essas ansiedades, esses medos, que nunca acontecem. Ahhh!… E se aconteceram, nem nos lembramos como foram resolvidos! As preocupações, como o nome mesmo diz, estar “pré-ocupado” com algo, que não se sabe!

    Amados, ao respirarem tudo se alivia, apenas porque tiraram, por breves segundos, o foco de sua mente falante de seus afazeres. Então nos entregamos ao acaso. Esse que sempre nos leva às maiores alegrias, às maiores diversões, às aventuras, ao sentir estar vivo. O acaso! Porque não se entregar a ele?

    Lembrei! A vida não é tão simples, pois temos nossos compromissos. Então voltamos ao ciclo da “pré-ocupação”, da ansiedade, do medo, da culpa por algo que já se foi. Esse ciclo da ilusão que não nos deixa nos entregar ao acaso! A voltar a ser, simplesmente, respirar, ser e viver um dia após o outro, um dia após o outro,… num ciclo suave de confiança.

    Então, respirem novamente! Fechem os olhos! Mais três respirações e se entreguem ao acaso. Se puderem, abram os abraços e respirem, como crianças! Porque a vida, ela é feita para viver, para se ter coragem, para se ter alegria!… E que tudo o mais vá para bem longe daqui…

    Esse é o anseio de sua alma, porque assim são vocês, fora da ilusão! Mas, nesse plano, vocês têm a mente que os traz dúvida, ansiedade, que os projeta para continuar a lutar pela, vida quando sua alma pede apenas que vivam! Porque ela é eterna e, para ela, tudo sempre está bem!

    Não se esqueçam que vocês são sua alma, sua essência e, portanto, não se confundam achando que são essa roupa que usam agora, esse corpo físico. Vocês são muito mais que isso. Portanto, parem de carregar esses fardos todos. Vivam, respirem, abram os braços e sintam a alegria que a expansão de sua alma os trás!

    O resto é com vocês, porque eu, para mim, já fiz minha parte!

    Fiquem com Deus, meus filhos! Aliás, vocês são Deuses, então dizer isso é uma redundância! Fiquem em paz, então!

    De todo meu coração.

    Mestre Saint Germain

    Canalizado Por: Thiago Strapasson
    Fonte:http://coracaoavatar.blog.br/
    Revisão de texto: Solange Yabushita
    Texto do Vídeo:http://coracaoavatar.blog.br/2016/04/...
    Edição de Vídeo/áudio Por: mxvenus

  2. isso mesmo. vou parar de pagar as contas…parar de trabalhar …vou deixar ao acaso. que sera que acontece?

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *